Inicio  » Revista Veterinaria REDVET  » Vol 17 Nº 12 Diciembre 2016

121603 - Características nutracêuticas da carne e sua importância na alimentação humana

Autor

Poliana Campos Burin 1*, Ingrid H. de Souza Fuzikawa2, Kenysson Alves Souza3, Alexandre R. Mendes Fernandes4, Rafael H. Tonissi e Buschinlli de Goes4
1Doutoranda em Agronomia. Programa de Pós Graduação em Agronomia. Faculdade de Ciências Agrárias, Universidade Federal da Grande Dourados. Rodovia Dourados – Itahum, Km 12, 79804–970, Dourados, MS, Brasil.
2 Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. R: Duque de Caxias Norte, 225 Centro ,13635900 - Pirassununga, SP – Brasil.
3Departamento de Zootecnia, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Av. Colombo, 5790, 87020–900, Maringá, Paraná, Brasil.
4Departamento de Ciência Animal, Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Rodovia Dourados – Itahum, Km 12, 79804–970, Dourados, MS, Brasil.
*Autor correspondente: poliana_burim@hotmail.com

Fecha de publicación

26/12/2016

Resumen

A carne do ponto de vista nutricional é uma ótima fonte de aminoácidos essenciais, de alguns minerais, vitaminas e ácidos graxos essenciais. Deve-se considerar que dois micronutrientes importantes ocorrem apenas na carne, que são as vitaminas A e B12, as quais não podem ser compensadas por provitaminas. Atualmente, o consumidor busca alimentos que além das funções nutricionais também possuam funções fisiológicas na promoção de saúde ou até mesmo na prevenção de doenças, e assim surgiram os alimentos funcionais e os nutracêuticos. É evidente que a carne fornece à maior parte dos nutrientes necessários à saúde dos consumidores, porém há controvérsias sobre os efeitos na saúde humana, atribuídos ao consumo em longo prazo ou até mesmo às crenças de que a ingestão é prejudicial à saúde. A propaganda para a redução da carne na dieta pode ter efeitos maléficos sobre a população, pois os principais constituintes da carne, com interesse nutricional, são as gorduras, as vitaminas, os minerais e as proteínas. A falta ou a ausência destes nutrientes na dieta humana pode desencadear uma série de problemas na saúde. A ingestão adequada de carne assegura uma função normal do sistema imunológico, das mucosas e o metabolismo dos substratos, assim, o consumo de carne deve ser recomendado, preconizando a importância de uma dieta equilibrada.

Abstract

 The meat, from a nutritional point of view, is a great source of essential amino acids, some minerals, vitamins and essential fatty acids. It must be considered that two important micronutrients occur only in meat, which are vitamin A and vitamin B1, which cannot be compensated by pro-vitamins. Currently, consumers are looking for foods that besides nutritional functions also have physiological functions in health promotion or even on diseases prevention, appearing thus the functional and nutraceutical foods. It is evident that meat provides the most nutrients necessary for consumer health; however, there is a controversy about the effects on human health, attributed to the consumption in long-term or even beliefs that the intake is harmful to health. The advertisement for meat reductionin the diet maybe brings malefic effect son population because the main constituents of meat, with nutritional interest, are the fat, the vitamins, the mineralsand the proteins. The lack or absence of the nutrients in the human diet can trigger a host of health problems. Adequate intake of meat ensures normal function of immune system, mucous membrane and metabolism of substrates, thus, the meat consumption should be recommended, mapping the importance of a balanced diet.

Artículo

Palabras clave

ácidos graxos, colesterol, nutracêuticos, nutrientes.
fatty acids, cholesterol, nutraceutics, nutrients.


Comentarios