Inicio  » Revista Veterinaria REDVET  » Vol 18 Nº 1 Enero 2017

011704 - Reações vacinais e/ou medicamentosas em carcaças bovinas na região da campanha do Rio Grande do Sul - Vaccine and / or drug reactions in cattle carcasses in the Rio Grande do Sul region campaign

Autor

Araújo, Luciana Perez: Zootecnista, lu_zootecnia@hotmail.com | Moreira, Sheilla Madruga: Doutoranda em Zootecnia – FAEM/UFPel, sheillammoreira@gmail.com | Moraes, Renata Espíndola: Graduanda em Zootecnia – FAEM/UFPel, renatiinha_moraes@hotmail.com | Zanusso, Jerri Teixeira: Professor do departamento de zootecnia – FAEM/UFPel, jtzanusso@hotmail.com | Silveira, Isabella Dias Barbosa: Professor do departamento de zootecnia – FAEM/UFPel, barbosa-isabella@hotmail.com






Fecha de publicación

26/01/2017

Resumen

O objetivo deste trabalho foi quantificar reações vacinais e/ou medicamentosas em carcaças bovinas, assim como, apontar suas localizações nos cortes cárneos e quantidades totais de reações. O experimento foi realizado em um frigorifico apto a exportação, localizado na cidade de Bagé/RS, durante o período de 08 de março e 1º de abril de 2016. Avaliou-se a presença de reações vacinais e/ou medicamentosas em 541 animais, sem distinção de idade, raça e sexo, oriundos de munícipios localizados na região da campanha/RS e de diferentes sistemas de terminação. Houve uma incidência de 66% de lesões restringidas na região do dianteiro. Destaca-se que em algumas carcaças foram encontradas mais de uma lesão, ou seja, dos 357 animais contundidos foram identificadas 405 reações vacinais e/ou medicamentosas. O peso total de descarte foi de 414,1 Kg de carne proveniente de 405 partes desprezadas, que por sua vez, foram retiradas de 357 carcaças o que proporcionou uma média de 1,16Kg de lesão por animal. Há uma elevada ocorrência de lesões por reação vacinal e/ou medicamentosa nas carcaças, afetando diretamente a cadeia de produção de carne bovina. Embora o prejuízo financeiro gerado por animal passe despercebido, quando somado as perdas referentes a um número maior de animais, pode reduzir o lucro do pecuarista e da indústria consideravelmente. A constatação de elevadas perdas gera a necessidade de melhorias no manejo com os animais e de orientação técnica, afim de reduzir a frequência de lesões, e consequentemente, a depreciação da carcaça

Abstract

The aim of this study was to quantify vaccine and / or drug reactions in cattle carcasses, as well as point out their locations on meat cuts and total amounts of reactions. The experiment was conducted in a apt frigorific export, located in Bagé / RS during the period from 08 March to 1 April 2016. It was evaluated presence of vaccine and / or drug reactions in 541 animals, regardless of age, race and gender, coming from municipalities located in the area of campaign / RS and different finishing systems. There was a 66% incidence of restricted in the front region lesions. It is highlighted that in some carcasses were found over an injury, that is, of the 357 injured animals were identified 405 vaccine and / or drug reactions.  The total weight despisedwas 414.1 kg of meat from 405 parts, which in turn were removed from carcasses 357 which gave an average of 1,16Kg per animal injury. There is a high incidence of injuries vaccine reaction and / or drug in the carcasses, directly affecting the beef production chain. Embora o prejuízo financeiro gerado por animal passe despercebido, quando somado as perdas referentes a um número maior de animais, pode reduzir o lucro do pecuarista e da indústria consideravelmente. The finding of high losses generates the need for improvements in the handling of animals and technical guidance in order to reduce the frequency of injuries, and consequently the carcase depreciation.

Artículo

Palabras clave

beef cattle | injuries abscesses | vaccine injury.

Comentarios